10/21/2009

6/27/2009

Eramus friends

Here is my media mix project, which combine my Eramus frinds thoughts on their favourite place around Puch Urstein (Salzburg). Thank you all for this amazing semester, and for your help!
















5/09/2009

Prague


Words are never enough!


Fusion


Nacional Steps


Balance


Life after death


Tracery


Like being at home!


Dancing House


Covered in this dream!


Freedom, happiness, melody


"Don't give me your back"


Criss-cross

3/12/2009

Sweden

II

O meu olhar é nítido como um girassol.
Tenho o costume de andar pelas estradas
Olhando para a direita e para a esquerda,
E de vez em quando olhando para trás...
E o que vejo a cada momento
É aquilo que nunca antes eu tinha visto,
E eu sei dar por isso muito bem...
Sei ter o pasmo essencial
Que tem uma criança se, ao nascer,
Reparasse que nascera deveras...
Sinto-me nascido a cada momento
Para a eterna novidade do mundo...

Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender...
O mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo...

Eu não tenho filosofia, tenho sentidos...
Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,
Mas porque a amo, e amo-a por isso,
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, nem o que é amar...

Amar é a eterna inocência,
E a única inocência é não pensar...


Alberto Caeiro (Fernando Pessoa)













Norway


Foram poucos os dias na Noruega, mas estive pronta para apreciar sensações únicas: fotografar de manhã à noite, com a "hora mágica"; viver e conviver com locais em Oslo e Lillehammer onde tive acesso aos seus costumes e à sua cultura; testemunhar muitos dos estereótipos Noruegueses: bonitas mulheres, país caro, as casas vermelhas e os seus lagos; presenciar as obras de Munch, o intenso frio que fazia (-18ºC) e os seus barcos Vikings!!

I spent only a few days in Norway, but I was ready to appreciate unique feelings: taking pictures from day till dawn, at “the magic hour”; living and being familiar with places in Oslo and Lillehammer, where I reached their habits and culture; witnessing many of the Norwegian stereotypes: beautiful women, expensive country, red houses and their lakes; observing Munch’s paintings, as well as the freezing cold (-18ºC) and their Viking ships!!